O fenômeno americano

O índice da Bolsa americana Dow Jones bateu recorde histórico ao atingir a marca de 22.000 pontos, impulsionado, dentre outras empresas, pela Apple, que divulgou o resultado do terceiro trimestre de seu ano fiscal que encerra em Setembro.

O índice Dow Jones composto pelas maiores empresas dos EUA e é um excelente parâmetro para acompanhar a atividade econômica do país, considerando o resultado divulgado pelas empresas e o consequente desempenho do índice na bolsa de valores.


Somente esse ano o índice subiu 11% justamente pela melhora nos resultados das empresas e também por sinais de crescimento global, segundo o Wall Street Journal em artigo publico em 02/08/17.


Detalhe que, desde a eleição do presidente Donald Trump esse índice já subiu mais de 20% o que mostra que as empresas americanas estão se dando bem com o novo presidente, ao contrário do que mostram alguns grupos da mídia tradicional mundo afora, inclusive no Brasil.


O índice americano alcançou 20% de valorização com um novo presidente no menor tempo desde eleição de George Bush (o pai) em 1988. Com Obama, o índice demorou quase 18 meses para atingir esse resultado.


O resultado recorde do índice DOW JONES foi impulsionado pela alta de 6% das ações da Apple em um único dia, movimentando também o índice da S&P 500 que, em seu segmento de tecnologia, subiu 23% esse ano.


Além da Apple, a Boeing também divulgou resultados recentes que contribuíram para a valorização dos índices, quando a companhia aeroespacial teve seu melhor desempenho em um dia desde 2008, subindo 9,9%.

As ações da Boeing já valorizaram em 2017 cerca de 46% - até dia 02/08, superando o desempenho da Apple.


Algumas estatísticas da Apple

A Apple não cansa de superar recordes e entregar bons resultados para seus investidores.


Fundada em 1976 na Califórnia, lançou ações na NASDAQ nos EUA em 1980 valendo US$0,51.


Depois do lançamento do iPod em 2001, a Apple teve seu grande lançamento com o iPhone em 2007, período em que suas ações valorizaram de US$1,45 para US$26 (1.693%), e não pararam de subir, mesmo considerando a crise americana de 2008.


Entre Maio de 2007 até Maio de 2017, as ações da Apple valorizaram 900%.


E somente em 2017 as ações já subiram mais de 30% - até dia 02/08/17.


Somente a Apple movimentou em média US$3,42 Bilhões de dólares por dia no mercado americano no primeiro quadrimestre de 2017, em meio à divulgação da venda de 51 milhões de iPhones em todo o mundo, somente no 1º trimestre do ano - que representaram 63% da receita da Apple de acordo com informações da própria companhia.


Neste mesmo primeiro trimestre, a Apple pagou em dividendos aos investidores US$35 Bilhões.


Diversificação internacional


Em outro artigo do Wall Street Journal, Justin Lahart considera que, ainda assim, os investidores devem ter cuidado e considerar empresas que tenham alta exposição no exterior como uma cobertura perfeita contra eventuais problemas dentro dos EUA - que ainda continuam como principal motor de crescimento global, porém, os lucros obtidos no exterior pelas empresas americanas contribuem muito para o bom desempenho das bolsas nos EUA.


É a velha máxima de não se depositar todos ovos da galinha no mesmo cesto, afinal, atuação em diferentes mercados traz segurança e estabilidade contra crises políticas e econômicas - como a que vivemos no Brasil nos últimos anos, por exemplo.


Se esse princípio da proteção através da diversificação internacional vale para empresas gigantes americanas, também vale para todos nós, justamente por se tratar de segurança, questão primordial ao se tratar de investimentos. Ou seja, se a Apple se diversifica investindo bilhões em outros países, nós deveríamos fazer o mesmo.


Essas e outras opções de investimentos são perfeitamente possíveis para todos. Consulte-nos para montagem de seu planejamento patrimonial, jurídico e financeiro no Brasil e no exterior.

Rodrigo Andrade

03/08/2017

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 by ANDRADE CÂMARA

  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Social Icon